Sector de Empresas

petrogal nov2016Está a ser distribuído mais uma edição do Boletim da Organização do PCP no Complexo Industrial de Sines.

Esta edição faz um apelo aos trabalhadores para participarem na Manifestação convocada pela CGTP-IN para o próximo dia 6 de Julho em frente à Assembleia da República contra o acordo do PS, patronato e UGT à alteração da Legislação Laboral (discutida nesse dia na Assembleia) que é nada mais nada menos que uma afronta aos trabalhadores e seus direitos.

Esta edição faz também uma valorização da Luta dos Trabalhadores, que tem que continuar.

 

 

MUPI PetrogalA Direcção da Organização Regional do Litoral Alentejano do PCP, está solidária com a justa e necessária luta dos trabalhadores da Petrogal, e repudia veemente as manobras do governo do PS que uma vez mais lançou um despacho anti-greve (de serviços mínimos que na verdade são máximos) contra os trabalhadores e em clara confrontação com o recente Acórdão do Supremo Tribunal de Justiça. Uma vez mais o governo PS fica do lado do patronato mesmo violando o direito à greve, e a Lei.

Saudámos a coragem e determinação dos trabalhadores da Petrogal e a sua justa luta, que uma vez mais, contra tudo e contra todos, lutam e resistem em defesa da contratação colectiva e dos seus direitos sociais postos em causa e atacados pela administração da Petrogal, com a conivência do governo do PS. E no seguimento do despacho anti-greve o Grupo Parlamentar do PCP já fez uma pergunta ao Governo.

 

 

JornadasParlamentaresPetrogalNo passado dia 8 de Junho e no seguimento da Jornadas Parlamentares do PCP no Litoral Alentejano, os deputados do PCP estiveram em contacto com os trabalhadores na Refinaria da Petrogal em Sines, demonstrando a sua solidariedade com a sua luta.

 

 

 

 

EDPFoi hoje distribuído aos trabalhadores da Central Termoeléctrica da EDP em Sines o Boletim do Sector da Electricidade do PCP. O destaque vai para as lutas desenvolvidas pelos trabalhadores e chama a atenção para os lucros apresentados pela EDP (1113 milhões de euros).

A EDP pretende um máximo de aumento de salários de 0,6% quando aumentou o lucro em 16%. Se o salário mínimo da EDP fosse de 1000 euros o lucro da EDP reduzir-se-ia em menos de 1%.

Lê aqui o boletim: BoletimEDP.pdf

 

 

 

 

Attachments:
Download this file (BoletimEDP.pdf)BoletimEDP.pdf[ ]

PetrogalEsteve ontem em distribuição o boletim da Célula do PCP na Refinaria de Sines da Petrogal. O destaque foi para a justa luta dos trabalhadores, que confrontados com o despedimento colectivo, além de conseguirem manter os seus postos de trabalho, tiveram o seu salário aumentado.

 

O boletim deixa ainda o apelo à participação na jornada de comemoração e luta no 1º de Maio em Sines, com uma manifestação às 11:00 no Jardim das Descobertas.

 

Vê aqui o boletim: Boletim Petrogal.pdf

 

 

Attachments:
Download this file (Boletim Petrogal.pdf)Boletim Petrogal.pdf[ ]